Carille não garante retorno de emprestado ao Avaí para o Corinthians: 'Depende da saída de Cássio ou Walter'

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Gazeta Press
Douglas Friedrich pertence ao Corinthians, mas ainda não sabe se será aproveita no próximo ano
Douglas Friedrich pertence ao Corinthians, mas ainda não sabe se será aproveita no próximo ano

O retorno do goleiro Douglas Friedrich ao Corinthians está totalmente ligado a uma possível, porém improvável negociação de Cássio ou Walter antes do início da temporada. Mesmo com o bom Campeonato Brasileiro feito pelo atleta no Avaí, principalmente no primeiro turno, o técnico Fábio Carille não acredita que sua presença será a melhor saída em 2018.

O atleta, que completará 29 anos de idade na próxima semana, tem vínculo válido com o Timão até o final do ano que vem, o que dificulta também a chance de mais um empréstimo. Com 70% dos direitos econômicos ligados ao Alvinegro, Douglas, que fora cedido ao Grêmio em 2016, é visto como uma boa oportunidade de fazer caixa pela diretoria.

“Então, tem o Douglas, mas tem Cássio e Walter. Se um dos dois saírem, o que acho difícil que aconteça, pode até ser (que ele fique)”, comentou Carille em entrevista, explicando que considera a situação ruim até para o jogador.

“Você vai trazer o Douglas, depois do campeonato que fez, para ser terceiro goleiro? Não é legal nem para ele”, continuou o comandante, que correu risco de perder Walter ao final da temporada, mas viu a possibilidade de saída do camisa 27 diminuir bastante com a lesão sofrida diante do Atlético-PR, pelo Brasileiro.

Nicola destaca propostas do exterior por quatro atletas do Corinthians; Balbuena é o que mais preocupa

Com um rompimento do tendão do músculo adutor da coxa direita, Walter deve perder a pré-temporada da equipe, ficando apto a jogar apenas em março. Sondado por clubes como o rival São Paulo em 2017, ele dificilmente será negociado na condição atual.

Quanto a Cássio, que já falou diversas vezes sobre sua vontade de permanecer no Timão, as falas recentes de Carille, que abrem a possibilidade de saída do camisa 12, são mais uma forma de defesa do treinador. Depois de 2015, poucas pessoas no clube têm “cravado” a permanência de atletas no período de féiras, com a janela de transferências abertas no exterior.

Sem Douglas, o Timão deve subir o goleiro Filipe, do sub-20, para o profissional em 2018. Matheus Vidotto, afastado do elenco exatamente no jogo contra o Furacão, foi liberado para procurar um clube. Caíque França está estabelecido como terceira opção na posição.